Cinema

Ator ligou para CEO da Disney para que ele resolvesse o destino do Homem-Aranha

Em uma entrevista ao programa “Jimmy Kimmel Live”, nessa sexta-feira (4), o CEO da Walt Disney Co., Robert Iger, confirmou que Tom Holland ligou, pessoalmente, para ele para falar sobre o impasse entre a Disney e a Sony a respeito do Homem-Aranha.

“Depois da D23 Expo, o Tom falou com algumas das pessoas que trabalham pra mim e pediu o meu email pessoal ou meu telefone. Eu sou muito cauteloso quanto aos meus contatos privados, mas permiti que ele os tivesse. Então, ele me ligou e, praticamente, chorou ao telefone”, disse Iger, entre risadas. Ao ser questionado se o ator havia, de fato, chorado, ele prosseguiu. “Não, não de verdade. Mas ficou claro o quanto ele se importava. Então, eu decidi fazer alguns telefonemas para a equipe da Walt Disney Studios e também para o presidente da Sony”, completou.

De acordo com Iger, ele explicou ao executivo do estúdio concorrente que ambos precisavam resolver o impasse e que aquilo deveria ser feito “pelo Tom e pelos seus fãs”. No último dia 27 de setembro, ambas companhias anunciaram que chegaram a um novo acordo e que o Homem-Aranha estava de volta ao Universo da Marvel Studios.