Disneyland Resort Resorts

Bob Iger comenta venda de álcool em Disneyland

Em recente entrevista ao The Hollywood Reporter, o presidente da The Walt Disney Company, Bob Iger, foi indagado sobre duas questões polêmicas envolvendo a companhia e a franquia “Star Wars”.

A primeira delas diz respeito à inédita decisão em vender bebidas alcoólicas no restaurante da Galaxy’s Edge, o que ocorrerá pela primeira vez em 63 anos no parque Disneyland. Ao ser perguntado sobre a medida que vem desagradando a muitos visitantes do resort, Iger respondeu: “Nós precisamos ser muito cautelosos. Nós não deixamos as pessoas beberem e irem no Autopia [risos]”.

Quando o repórter afirmou que era desejo expresso do próprio Walt Disney de que álcool não fosse vendido na Disneyland, Iger respondeu que achava que Walter bebia no parque. “Eu penso que o próprio Disney dava um ou dois goles no seu apartamento no parque à noite [risos]. Eu acredito firmemente em tradições. Mas essa parecia uma daquelas que se a gente mudasse não iria arruinar o império”, disse.

Questionado, então, sobre a quantidade de filmes da franquia “Star Wars” lançados e o baixo desempenho de “Solo: A Star Wars Story” nas bilheterias, ele respondeu: “Eu sou o responsável por decidir quando cada filme é lançado. Olhando para trás, eu percebo que cometi um erro – eu me responsabilizo. Foram muitos e em pouco tempo. A partir de agora, você pode esperar uma desacelerada, mas isso não significa que vamos parar de produzir os filmes”. “J.J. Abrams está ocupado, no momento, produzindo o Episódio IX. Nós temos outras forças criando novas trilogias. Estamos no ponto em que temos apenas que decidir o que vem depois do quê. É uma questão de volume e tempo”, afirmou ele.

A declaração do presidente da Disney deixa no ar, portanto, a informação do Collider de que futuros filmes da franquia seriam cancelados. Ao que parece, eles ainda poderão ocorrer, mas de maneira cautelosa.

“Solo” chegou aos cinemas apenas cinco meses depois do lançamento de “The Last Jedi”. Fãs da saga vêm solicitando, já há um certo tempo, que a Disney diminua o passo e não lance tantos filmes de maneira tão rápida porque isso estaria desgastando a franquia.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.