web analytics
Hong Kong Disneyland Resort

Cast member reclama de falta de máscaras para trabalhar

O surto de Coronavirus, que começou na China, este mês, continua matando e assustando pessoas dos mais variados países. Por uma questão de prevenção, todos os parques temáticos do país estão fechados, incluindo os dois da Disney. Hong Kong Disneyland está sem funcionar desde o último domingo (26), entretanto os hotéis do complexo continuam operando, e alguns cast members seguem trabalhando. Mesmo com o parque fechado, muitos dos que são do setor de entretenimento têm sido chamados para treinamentos e ensaios. E foi justamente dessa equipe que saiu uma carta que viralizou nas redes sociais, esta semana, porque, em seu conteúdo, o autor pede a ajuda do CEO da The Walt Disney Company para conseguir máscaras de proteção porque, na cidade, o artigo estaria esgotado.

“Olá amigos,

Estou precisando de ajuda. Então, eu sou um cast member em Hong Kong Disneyland, e nosso parque está fechado até segunda instância devido ao Coronavirus.

Apesar de nosso parque estar fechado, cast members ainda precisam ir ao trabalho para ensaios e treinamentos. Entretanto, Hong Kong está sem máscaras. Como qualquer cast member, segurança é a nossa maior prioridade. Alguém pode me ajudar a entrar em contato com o Bob Iger (Disney CEO) ou alguém do alto escalão que nos possa conseguir máscaras urgentemente?

Eu sei que parece um exagero, mas não vejo problemas em pedir ajuda. POR FAVOR, COMPARTILHEM ESTA POSTAGEM!”, escreveu Donald Craig Manuel, no Twitter.

Ao Orlando Weekly, a Disney se apressou em explicar que todos os materiais necessários para a segurança de seus cast members estavam sendo distribuídos e que novas regras de higiene, por sinal, já estavam em vigor. No resort do Japão, a companhia autorizou o uso de máscaras por parte de seu staff e tem colocado placas informativas sobre o vírus tanto nos bastidores quanto nas áreas de acesso dos guests. Nos complexos americanos, informes têm sido enviados aos funcionários esclarecendo que a empresa está em constante contato com as autoridades de saúde e que, no momento, nenhuma medida drástica será tomada.

Até à meia-noite dessa quinta-feira (30), o Coronavirus fez 213 vítimas fatais. O número de casos registrados passa dos 9.820, segundo o site World O Meter. A China segue com o maior número de registros. Tailândia e Japão vêm a seguir, com 14 casos. Estados Unidos e França registram 6, cada.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.

Facebook

Parceiros