Cinema

Cena deletada de “No Way Home” mostraria Estranho doente

Apesar de ter estreado nos cinemas há mais de um mês, “Spider-Man: No Way Home” continua não apenas ampliando sua bilheteria, que já passa dos US$ 1.631 bilhão, como sendo assunto entre os fãs do Aranha e do MCU. Esta semana, Sean Hargreaves, designer de produção do filme, divulgou duas imagens de cenas que não chegaram a ser exibidas. Imediatamente, ambas deram início a novas discussões. Uma delas mostra Stephen Strange deitado em sua cama, com Peter ao seu lado. A capa do mago aparece logo em frente, sentada, como se estivesse protegendo seu mestre. A outra, em preto e branco, exibe a personagem de Benedict Cumberbatch no mesmo ambiente, mas já de pé.

Nenhuma explicação para as imagens foi dada, mas muitos imaginam que elas podem estar relacionadas ao feitiço lançado para proteger a identidade de Parker. Ao dar errado, ele teria atingido e adoecido Strange. Há ainda quem imagine que elas seriam, na verdade, anteriores ao lançamento e que marcariam o encontro de Peter com o Doutor, no Sanctum Sanctorum, em Nova Iorque, e justificariam o porquê de o mago ter aceitado fazer o feitiço.

Até o momento, a Marvel Studios não comentou as artes e nem deverá fazê-lo, deixando a imaginação do público livre para criar diversas tramas em torno das cenas.

Brasil

Enquanto segue faturando ao redor do mundo, no Brasil, “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” já é o segundo filme mais visto de todos os tempos, perdendo apenas para “Vingadores: Ultimato”, que, em quarenta semanas, arrecadou R$ 338.8 milhões, no país. Segundo a Comscore, a produção com Tom Holland conseguiu, em somente seis semanas, R$ 283.6 milhões e levou cerca de 15.5 milhões de pessoas aos cinemas.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.