Walt Disney World Resort

Complexo divulga vídeos para esclarecer dúvidas sobre novo serviço

Walt Disney World é o complexo temático mais visitando do mundo, e Magic Kingdom, o parque que recebe a maior quantidade de pessoas por ano. Turistas de diferentes países querem conhecer e experimentar tudo aquilo que é oferecido por lá. Mas planejar uma viagem para o resort da Flórida, hoje em dia, não é mais tão fácil quanto era no passado. São inúmeros os passos exigidos até que uma reserva seja feita, e o processo é todo feito online, criando uma série de dúvidas e perguntas. Os ingressos, por exemplo, não podem mais ser comprados nas bilheterias físicas e, para entrar em quaisquer um dos parques, é preciso ter um agendamento feito com antecedência.

Como se isso não bastasse, o aplicativo oficial do complexo não é compreendido por todos os visitantes, e a inclusão do Disney Genie, Disney Genie+ e “Lightning Lane” só complicou ainda mais todo o processo. Muitas pessoas não conseguem entender a diferença entre esses serviços, e as reclamações seguem se avolumando. Sabendo disso, o resort disponibilizou, nessa quinta-feira (4), tanto em seu site oficial quanto no My Disney Experience, uma série de seis vídeos que explicam como o sistema funciona. Infelizmente, apenas versões em Inglês deles foram criadas.

O que é o Disney Genie?

O primeiro vídeo explica o que é o Disney Genie em linhas gerais. Informa que ele é um serviço gratuito que ajuda o visitante a otimizar o tempo nos parques, criando um roteiro personalizado para cada pessoa com base em suas preferências individuais. Ainda acrescenta que, através dele, é possível ver o tempo de espera para brincar nas atrações, reservar restaurantes e ainda utilizar o Disney Genie+ e a “Lightining Lane”.

Usando o Tip Board e o My Day no Disney Genie

Com base em suas preferências pessoais, o serviço oferece duas abas, a “Tip Board” e o “My Day” que ajudam a criar a melhor experiência possível. O primeiro mostra o tempo de espera para determinados brinquedos e informa se eles têm ou não a opção de fila rápida. Também permite que você veja quais restaurantes estão disponíveis para reservas; que faça o check-in neles; e que você compre sua refeição online através do “Mobile Order”. Tudo aquilo, incluindo atrações e restaurantes, que for reservado ou selecionado no “Tip Board” aparecerá, automaticamente, no “My Day” para ajudar no itinerário do dia.

O que é a Lightining Lane Entrance?

As chamadas “Lightining Lane Entrances” são as filas rápidas, que substituem os antigos acessos de “FastPass”. “Elas são uma forma de não esperar na fila convencional de alguns brinquedos e opções de entretenimento”, explica o vídeo. Algumas dessas entradas são oferecidas através do pacote conhecido como Disney Genie+. Outras estão disponíveis através de uma compra individual à la carte.

Lighting Lane: Compra Individual

No Disney Genie+, o visitante tem direito a acessar diversas atrações dos parques através da fila rápida. Algumas, porém, não fazem parte do pacote, e o guest precisa comprar um bilhete individual. Atualmente, cada parque possui um brinquedo nessa modalidade. “Algumas das nossas atrações mais disputadas podem ser acessadas através da compra individual de um bilhete da Lightning Lane. Você pode comprá-lo na aba Tip Board no dia da sua visita”, esclarece um outro vídeo.

Lightining Lane e Disney Genie+

Desbloqueie Mais Magia com o Disney Genie+

O último vídeo informa quais são as vantagens de se comprar o Disney Genie+, que é vendido por US$ 20, por dia, por pessoa. “Com esse serviço, você aproveita mais da magia durante a sua visita. Com ele, você pode selecionar e entrar pela Lightining Lane nas atrações que não oferecem o bilhete individual; tem acesso a lentes especiais do Disney PhotoPass; pode explorar fábulas e histórias contadas em áudio; e ainda tirar dúvidas com membros do elenco que estão disponíveis através de chat“, explica o complexo.

Os mesmos vídeos também foram disponibilizados no site e aplicativo oficiais de Disneyland Resort. Por lá, porém, o Disney Genie+ custa US$ 15, por dia, por pessoa, e não oferece serviços que envolvem o “Disney PhotoPass”.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.