Cinema

Críticos opinam sobre “Viúva Negra”

No próximo dia 9 de julho, “Viúva Negra” vai estrear nos cinemas e no Disney+, sendo o primeiro longa metragem da Marvel Studios em dois anos. A última produção vista nas telonas foi “Homem-Aranha: Longe de Casa”. O filme solo de Natasha Romanoff deveria ter sido lançado no primeiro semestre de 2020, mas foi adiado várias vezes por causa da pandemia.

Enquanto o público ainda terá que aguardar mais algumas semanas para assistir à produção, a crítica especializada já conferiu e tem elogiado o longa. “Esse filme é exatamente aquilo que os fãs têm esperado”, opinou Gabriella Geisinger, do Digital Spy. Quando questionados se a espera tinha valido a pena, a grande maioria dos jornalistas não teve dúvidas na hora de responder. “Nós finalmente temos um filme solo da Viúva Negra, e ele não desaponta. A frase antes tarde do que nunca se aplica muito bem a ele“, escreveu Ferdosa Abdi, do Geeks of Color. Simon Thompson, do IGN Movies, afirmou que suas expectativas foram superadas.

A história criada para explicar o passado de Romanoff agradou a quase todos. “Viúva Negra é justamente o que eu esperei: é um filme sobre família e irmãs que se aprofunda muito na vida de Natasha”, disse Nicole Ackman, do Next Best Picture. “É um dos melhores filmes solo que a Marvel Studios já criou. É ótimo do começo ao fim”, afirmou Brandon Davis, do ComicBook. Para Trey Mangum, do Shadow and Act, o filme “vai se tornar um dos favoritos dos fãs rapidamente”. “Viúva Negra vai agradar, principalmente, os fãs de Capitão América: O Soldado Invernal. O filme tem muito sangue. Aqueles que gostaram da forma que a Viúva Negra apareceu lá irão gostar muito desse”, escreveu Meagan Damore, da CBR.

Ainda de acordo com os críticos, quem mais se destaca no longa é Florence Pugh. “Yelena é a estrela e dá muito charme, humor e emoção [ao filme]”, escreveu Nicole Ackman. Para Fico Cangiano, do CineExpress, a atriz que está estreando no MCU, “rouba o show”. Trey Mangum e Anne Cohen concordaram com o colega. “A performance dela é incrível. Deixa a gente emocionado”, disse a jornalista do Refinery29. “Ela não vai demorar a se tornar a favorita dos fãs. Ela chama atenção logo de cara”, opinou Damore. Os atores David Harbour e Rachel Weisz também foram elogiados por suas atuações.

Como nada é unanimidade e é impossível agradar a todos, alguns jornalistas não gostaram do que viram. “Eu gostaria de ter gostado do filme, mas foi um tremendo desapontamento”, afirmou John Nguyen, do Nerd Reactor. “É extremamente normal”, disse Rodrigo Perez, do The Playlist. “É genérico, sem inspiração e sem a magia da Marvel”, criticou Scott Menzel, do We Live Entertainment. Dentre todos os aspectos do filme, o mais criticado negativamente foi o vilão, o Treinador. “Ele nos desaponta”, afirmou Cangiano. “Simplesmente, nada sobre ele é divertido”, comentou Mangum. Josh Wilding, do ComicBookMovie, porém, discordou. “Eu não esperava amar tanto o Taskmaster. Ele é uma fera de personagem”, escreveu.

Os críticos também confirmaram que há uma cena pós-créditos e que todos devem ficar até o final para vê-la. “Fiquem até fim. [A cena] é uma das grandes”, concluiu Courtney Howard, do Fresh Fiction.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.