Disney+

“Cruella” tem desempenho menor que “Mulan”

A estreia de “Cruella” nos cinemas, na última semana, marcou a retomada de grandes lançamentos, nos Estados Unidos. Enquanto a bilheteria do filme tem sido considerada positiva e ultrapassa os US$ 42.632 milhões no total, seu desempenho no Disney+ foi 39% inferior ao obtido por “Mulan”, que foi a primeira produção a ser disponibilizada na plataforma através do “Premier Access”.

Os dados não são oficiais, tendo sido registrados pela Samba TV e divulgados pelo Deadline, que ainda pontuou que “Cruella” foi assistido, em média, por 686 mil famílias através da plataforma de streaming entre sexta (28) e segunda-feira (31). “Mulan”, que também foi lançado durante um feriado, por sua vez, alcançou 1.12 milhão de casas.

“O fim de semana do Memorial Day marcou a primeira vez que os consumidores tiveram uma escolha substancial de assistir filmes desde o início da pandemia. A forte exibição combinada de Cruella nos cinemas de todo o mundo e no Disney+ através do Premier Access ilustra que a flexibilidade, neste momento, é crítica e que a demanda geral por ótimo conteúdo é forte”, afirmou um porta-voz da Disney, salientando que, diferentemente de “Mulan” que, na época, foi lançado nos cinemas de poucos países, “Cruella” teve um lançamento mundial e atraiu mais espectadores para as telonas. A tendência, segundo ele, era que muitas pessoas decidissem retornar às salas de exibição até mesmo devido ao alívio da pandemia em lugares como os EUA.

Nas redes sociais, o filme continua provocando variadas reações no público e na crítica especializada. Alguns têm considerado a produção como a mais sombria já criada pelos estúdios Disney, algo com que Paul Walter Hauser, intérprete de Horace, não concorda. “As pessoas estão ficando irritadas com o fato de ser um filme ousado e sombrio. Não, não é. Você não está vendo cachorros sendo transformados em casacos. É um filme de ação-aventura-crime-comédia, com muito coração, e se você não gosta de Emma Stone e Emma Thompson, provavelmente deveria checar seu pulso”, comentou ele em entrevista ao Insider.

Independentemente das críticas e dos resultados, rumores continuam dando conta de que uma sequência está em desenvolvimento e que deverá ser uma nova interpretação dos eventos de “101 Dálmatas”.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.