Cinema

Desempenho de “Viúva Negra” cai mais de 60%

Em seu segundo fim de semana em exibição nos cinemas, “Viúva Negra” perdeu a liderança das bilheterias e ficou apenas em segundo lugar no ranking dos mais vistos dos Estados Unidos. O filme arrecadou US$ 26.3 milhões, de acordo com o Box Office Mojo, ficando atrás de “Space Jam: A New Legacy”, que estreou na sexta (16) e, em três dias, faturou US$ 31.7 milhões.

O desempenho do filme da Marvel Studios caiu 67.3% em relação ao fim de semana anterior, e os donos de cinemas têm acusado a própria Disney de causar essa queda. De acordo com um comunicado emitido, nesse domingo (18), pela “National Association of Theater Owners”, a produção “sofreu um verdadeiro colapso em seu segundo de semana”. “Apesar das afirmações de que a estratégia de lançamento híbrido nesse pós-pandemia tem sido um sucesso para a Disney, o resultado recente demonstra que o lançamento exclusivo nos cinemas significa mais receita para todos os interessados em cada ciclo da vida desse filme”, afirmou a entidade, que ainda afirmou que o longa tem sido, duramente, atingido pela pirataria.

Até a noite desse domingo (18), o filme havia arrecadado, nos cinemas, um total pouco acima de US$ 264 milhões, sendo US$ 132 milhões domésticos e o restante, internacional. A arrecadação através do Disney+ não foi atualizada, desde o fim de semana de estreia, quando a produção contabilizou cerca de US$ 60 milhões apenas na plataforma. Somando ambos valores, o resultados ficaria em US$ 324 milhões, uma cifra considerada positiva para a Disney, não para os donos dos cinemas, que discordam com o lançamento híbrido. À negativa da Disney de liberar os valores arrecadados através do “Premier Access”, ao longo da última semana, prova, pelo menos, para a “NATO”, que os resultados não têm sido bons. “O filme tem tido um desempenho decepcionante e anômalo. Isso responde a muitos dos nossos questionamentos. Essa história de lançamento híbrido e simultâneo como resultado da pandemia deve ser deixada para trás junto com a própria pandemia”, acrescentou a entidade.

Ao The Hollywood Reporter, a “NATO” ainda afirmou que se o filme não tivesse sido lançado no Disney+, ele teria tido uma arrecadação entre US$ 92 mi e 100 milhões no fim de semana de estreia. “Quanto de compartilhamento de senha existe entre os assinantes da plataforma? A receita perdida através do cinema e do próprio sistema provará que o lançamento simultâneo custa dinheiro à Disney. E a pirataria, sem dúvida, afetou ainda mais o desempenho de Viúva Negra e continuará afetando nos mercados internacionais onde ele ainda não foi lançado. Cópias digitais originais se tornaram disponíveis minutos depois do lançamento. O filme foi o mais baixado em sites ilegais”, concluiu a “NATO”. A Disney não quis se pronunciar a respeito das afirmações da entidade que representa os cinemas.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.