Variadas

Disney reduz investimentos em complexos temáticos

The Walt Disney Company realizou um evento, nessa quarta-feira (10), para divulgar os resultados financeiros do quarto trimestre fiscal de 2021, e eles foram, mais uma vez, melhores que os anteriores. Apesar de os rendimentos da companhia ainda estarem abaixo dos registrados antes da pandemia, a Disney Parks, Experiences and Products teve um lucro de US$ 640 milhões no período, que se encerrou no dia 2 de outubro de 2021. Com todos os parques operando no trimestre, a receita, praticamente, dobrou em relação à anterior. Como um todo, o departamento teve uma movimentação de US$ 5.450.000 milhões, 99% maior que a do mesmo período em 2020, quando os números ficaram em US$ 2.733.000 mi. Para efeitos comparativos, em 2019, os lucros foram de US$ 1.3 bilhão.

Mesmo com os altos números, os parques internacionais da companhia ainda registraram um prejuízo de US$ 222 milhões.

Ainda durante o evento, executivos da The Walt Disney Company afirmaram que os visitantes de Walt Disney World têm gastado 30% a mais que em 2019. Também informaram que a aceitação do Disney Genie tem sido bastante positiva e que cerca de 33% de todos os guests do complexo, ou seja, 1/3 do total, têm comprado o Disney Genie+, que dá acesso mais rápido a alguns brinquedos.

Apesar disso, a companhia tem investido menos em seus complexos. Segundo os relatórios, a redução foi de mais de US$ 600 milhões. Em 2020, a Disney Parks, Experiences and Products, mesmo com a pandemia, investiu em torno de US$ 2.904 milhões enquanto, em 2021, foram apenas US$ 2.272 mi. Na contramão, a Disney Media and Entertainment Distribution recebeu um maior aporte, e seus gastos passaram de US$ 79 mi para US$ 109 milhões.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.