Cinema Disney+

Figurino de Gavião Arqueiro foi um problema para Jeremy Renner

Com o lançamento de “Hawkeye” no Disney+, o nome de Jeremy Renner voltou a estar em destaque nos sites de notícias. Enquanto promovia o novo programa e fazia uma retrospectiva de sua carreira, o ator revelou à Vanity Fair que teve muitas dúvidas antes de assinar contrato com a Marvel Studios. Sua estreia no MCU ocorreu em 2011, em “Thor”, após uma série de discussões. Para participar da produção, Renner precisava concordar também em fazer outros filmes, e isso não o deixou muito confortável na época. “Eu lembro de conversar com o Kevin Feige e com o Louis D’Esposito, e eles me mostraram a versão final do Gavião Arqueiro. O Homem de Ferro havia sido lançado e eu disse: Gosto do que vocês estão fazendo porque eu adorei Homem de Ferro. Gostei de como vocês tornaram isso possível. Era aí que eles queriam chegar com o Gavião Arqueiro. E eu pensei que aquilo era ótimo, mas teria que assinar para fazer um monte de filmes dos Vingadores, possivelmente, do Gavião Arqueiro. Eu teria meio que assinar minha vida”, contou.

O figurino da personagem também fez Renner pensar duas vezes antes de assinar contrato. “Eu pensei: Peraí, estarei com 50 anos e usando calças justas. Essa foi minha maior preocupação. Eu não sabia se queria fazer isso porque não queria que me vissem usando roupa justa aos 50 anos de idade”, brincou o ator, que vai completar 51 anos no próximo dia 7 de janeiro. Nas redes sociais, Renner se disse abençoado com a publicação da matéria e com a decisão de ter aceitado ser um dos Vingadores e, claro, usar calças justas.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.