Walt Disney World Resort

Guest é preso ao tentar entrar em Disney Springs armado

Um homem de 35 anos foi preso depois de tentar entrar em Disney Springs, centro de entretenimento de Walt Disney World Resort, com uma pistola e várias munições. O incidente ocorreu no dia 27 de maio, mas somente agora foi divulgado pelo “Orange County Sheriff’s Office”. De acordo com o auto de prisão, Aaron Lopez, natural de Palm Beach County, foi interceptado pelos seguranças da Disney na Orange Garage, antes de passar pelos detectores de metais que estão no estacionamento.

“Eu disse a ele que iria revistar sua mochila, e ele me disse que tinha um canivete lá. Eu pedi a ele que me mostrasse o canivete e acrescentei que iria revistar a bolsa. Nesse ponto, ele ainda não havia colocado sua bolsa sobre a mesa de revista. Ele, então, me disse: Olha, tem uma coisa a mais aí além do canivete, e eu quero guardá-la em meu carro. Ele, então, deu as costas e saiu”, relatou o segurança da Disney responsável pelo diálogo com Lopez.

Um outro membro do elenco foi chamado junto com um oficial de polícia para interceptar Lopez. “Nós procuramos o número de série da arma. Nenhum foi encontrado. A arma que ele tinha era uma réplica de uma Glock. Ele precisa submeter toda a papelada ao estado para receber um número de série. Ele me disse que tinha uma licença para carregar armas consigo, mas nenhuma foi encontrada em nosso sistema”, afirmou o policial que prendeu o visitante. Ele também foi banido de Walt Disney World Resort, e justificou que carregava a arma para proteção pessoal. “Não importa onde eu esteja. Eu sempre carrego uma arma comigo. Pode ser em um restaurante ou na Disney. Não importa. Eu tenho sempre uma arma comigo. Ponto final. Eu não confio nas autoridades. Eu não confio em ninguém. É parte do meu direito carregar uma arma. Eu tenho o direito de tê-la. O fato de a Disney ser uma propriedade privada que não permite armas é algo estúpido”, disse Lopez.

Os complexos da Disney não permitem que nenhum visitante, com ou sem porte legal, entrem em seus parques e centros de entretenimento armados. Nos últimos anos, principalmente depois da instalação de detectores de metais em todas as entradas, muitos visitantes têm sido identificados com objetos do gênero. Vários deles alegam desconhecer as regras da companhia ou ter esquecido de tirar as armas de suas bolsas e mochilas.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.