Cinema

Marvel e Sony vão produzir novos filmes com o Homem-Aranha

No mesmo dia em que a Marvel Studios e a Sony deram início à venda de ingressos para “Spider-Man: No Way Home”, os fãs foram informados de que novos filmes serão produzidos com o Aranha e que Tom Holland continuará como o intérprete do super-herói. O anúncio foi feito por Amy Pascal, executiva da Sony, em entrevista ao Fandango. “Esse não é o último filme que vamos fazer com a Marvel – [esse não é] o último Homem-Aranha. Nós estamos quase prontos para fazer o próximo filme com o Homem-Aranha e a Marvel. Nós estamos pensando nisso como três filmes, e, agora, iremos partir para outros três. Esse não é o último dos nossos filmes do MCU“, disse ela, que ainda acrescentou que a “Marvel e a Sony continuarão juntas como parceiras”.

Não faz muito tempo que Tom Holland afirmou que “No Way Home” seria seu último filme como o Homem-Aranha e que não havia renovado seu contrato. Pascal indiciou que, na realidade, a sequência encerra a trilogia “Homecoming”, mas outra será produzida. “Isso é a culminância dessa trilogia, da história de Tom Holland se tornando o Homem-Aranha que nós esperávamos que ele se tornasse. Com certeza, essa história é contada e, como todos já sabem, traz de volta algumas de nossas personagens dos filmes mais antigos”, esclareceu. “Esse filme é muito ambicioso e tem tudo o que as pessoas esperam de um filme com o Homem-Aranha. Todo o espetáculo, a ação, o coração e, ao mesmo tempo, é uma história muito íntima sobre Peter Parker e seu coração. Esse filme lida com tudo. É sobre família e amor e honra e sacrifício, mas está sempre centrado nas decisões que o Aranha tem que fazer. É sobre ele estando dividido entre o momento em que está e o destino que se apresenta à sua frente. Ele terá que lidar com isso de uma forma grandiosa”, afirmou.

Ainda sobre Tom Holland, Pascal explicou como sua versão do herói se diferencia das outras anteriores. “Cada um desses atores [Tobey Maguire e Andrew Garfield] deu sua própria forma de humanidade à personagem. Todos eles foram brilhantes, e o Tom é único. Eu penso que ele incorporou tudo sobre o Aranha que as pessoas esperavam. Ele é charmoso e engraçado, um atleta fantástico e um ator maravilhoso, e ele tem muita humanidade”. Perguntada se o público poderia esperar a participação de Holland em um filme que não fosse do MCU, ela foi enfática. “Nós queremos manter todos os filmes conectados. Que tal essa resposta?”.

A executiva também foi questionada se havia sido fácil escalar os mesmos atores para interpretar os vilões passados, mais uma vez. “Se você ama aquilo que você faz e se sente entusiasmado a respeito disso sabe que eles amaram interpretar essas personagens no passado e todos concordaram rapidamente. Eu estou mesmo muito animada porque as pessoas terão a chance de ver esses atores incríveis de volta a esses papéis, em que eles foram tão brilhantes. E o que eles farão dessa vez é algo realmente especial. Eu e o Kevin [Feige] estamos muito orgulhosos desse filme”, contou.

O Fandango ainda indagou o quão complicado é costurar as histórias do Homem-Aranha quando a Sony possui filmes paralelos com Venom e Morbius, por exemplo. “Existe o Universo da Marvel, que é uma coisa, e tem os filmes do Spider-Verse, que é diferente, e tem ainda um outro universo onde estão as personagens da Sony. Nós respeitamos cada um desses conceitos e trabalhamos de forma a sermos colaborativos”, respondeu ela, que ainda falou sobre o Multiverso. “Eu acho que você vai ver muitas pessoas explorando esses mundos porque eles são interessantes. Universos paralelos criam histórias interessantes, mas eu não acho que todos os filmes resultarão no Multiverso. Esse filme, certamente, fará isso”.

Antes de finalizar, Pascal ainda comentou sobre a possibilidade de Tom Holland enfrentar o Venom de Tom Hardy. “Existem muitas coisas que nós poderemos explorar, mas, antes, precisaremos saber quem serão os vilões e quem o Aranha enfrentará. O interessante desses filmes é que eles são como telas em branco, e há muitas histórias para se contar sobre esse garoto”, concluiu.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.