Disneyland Resort Walt Disney World Resort

“Park Pass System” continuará sendo utilizado

O CEO da The Walt Disney Company, Bob Chapek, participou de uma conferência, nessa segunda-feira (24), e comentou que o sistema de agendamento para visitar os parques temáticos da companhia deverá continuar a ser utilizado mesmo quando todos os protocolos de segurança contra a COVID-19 tiverem sido eliminados. Segundo o executivo, a ideia da empresa é continuar gerenciando a quantidade de pessoas em seus complexos através do “Park Pass System”.

O comentário do executivo não soou como novidade, visto que os calendários disponíveis no sistema de Walt Disney World Resort, por exemplo, se estendem até janeiro de 2023. Ou seja, a menos que a empresa faça alguma alteração significativa, pelo menos pelos próximos dezoito meses, será preciso agendar com antecedência uma visita a um dos parques do complexo.

Durante a “J.P. Morgan Global Technology, Media and Communications Conference”, Chapek também afirmou que o sistema de filas virtuais não deixará de ser usado e que, pelo contrário, deverá ser expandido para outras atrações e complexos. A novidade começou a ser utilizada na Star Wars: Galaxy’s Edge, em 2019, e, desde então, divide opiniões. Muitas pessoas não gostam da forma como os passes para brincar nas atrações que utilizam o sistema são distribuídos. Atualmente, no Disney’s Hollywood Studios, apenas a “Star Wars: Rise of the Resistance” tem o chamado “Virtual Queue System”. Em Disneyland Resort, a “Rise of the Resistance” e a “Indiana Jones Adventure: Temple of the Forbidden Eye” já usam filas virtuais e, em breve, a “WEB SLINGERS: A Spider-Man Adventure” também passará a utilizá-las.

Na conferência, Chapek também citou que a capacidade dos parques de Walt Disney World continuará a ser ampliada pelos próximos meses. O executivo ainda disse que espera ver melhores resultados no atual trimestre fiscal devido ao maior número de visitantes no complexo. A quantidade de pessoas permitida nos quatro parques do resort, por sinal, já foi ampliada, nas últimas semanas, e mais vagas de agendamento foram disponibilizadas, mas estão, atualmente, esgotadas até o final de maio. Para junho, mesmo com a maior disponibilidade, alguns dias já não oferecem mais possibilidade de agendamento para alguns parques.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é parque-1024x916.png
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é parque1-1024x892.png

Até 1 de outubro, quando WDW iniciará as comemorações de 50 anos, a expectativa é que os parques do complexo já estejam operando, praticamente, com toda sua capacidade.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.