Variadas

Petição pede a demissão de atual CEO da Disney

Quase dois anos depois de ter assumido a The Walt Disney Company, o atual CEO, Bob Chapek, segue sem conseguir conquistar os clientes e fãs da empresa. Até hoje, a maior parte das escolhas feitas pelo executivo desagradou o público, que afirma que ele está levando a companhia por um caminho indesejado e que poderá ser o responsável por arruinar muitas das experiências oferecidas nos parques temáticos da Disney. Decisões recentes como, por exemplo, o fechamento de quase todas as “Disney Stores” dos Estados Unidos e a demissão de cerca de 28 mil membros do elenco durante a pandemia, enquanto seu salário foi preservado, seguem sendo criticadas.

Além disso, ex-executivos e imagineers apontam que ele tem endurecido os procedimentos adotados pela empresa e tem deixado de lado o aspecto criativo da companhia, priorizando os resultados financeiros. Uma prova disso é a empobrecida celebração de 50 anos de Walt Disney World Resort. Com base nesses e em outros argumentos, uma petição foi criada e exige a demissão do CEO. O documento tem circulado entre fãs e ex-funcionários, que têm demonstrado preocupação com o futuro do sonho de Walt Disney.

“Ele [Bob Chapek] tem, consistentemente, tomado decisões que diminuem a qualidade daquilo que é ofertado nos parques [….] Ele tem destruído atrações clássicas e colocado a si próprio e o dinheiro acima do produto e da qualidade da companhia. Ele tem cortado orçamentos. Os cortes iniciaram antes mesmo da pandemia e só aumentaram. Ele manteve o salário dos altos executivos enquanto demitiu 28 mil funcionários. Agora, está direcionando o foco da empresa para o Disney+, em vez de manter a qualidade dos parques”, diz a petição.

“Normalmente, você esperaria que a qualidade dos parques fosse mantida durante um período em que a receita está baixa, mas ele só está preocupado com aquilo que fará com que ele ganhe dinheiro mais rapidamente. A manutenção dos parques também ficou pior sob a administração de Chapek e tende a piorar. Ele já deixou muito claro que não se importa com a qualidade e o legado da Disney. Sob essas circunstâncias, Josh D’Amaro, o atual presidente dos parques e complexos, não tem tido a chance de fazer muito, mas tem estado bastante envolvido com todos os processos [….] Ele poderá ser um ótimo substituto para Chapek. Existem outros executivos que poderiam assumir o cargo. Bob Chapek está ferindo a companhia e destruindo o nome da Disney e, por isso, precisa ser removido do cargo, o quanto antes”, conclui o documento, que, até o fechamento desta matéria, tinha sido assinado por pouco mais de 10 mil pessoas.

Para ver o documento na íntegra e participar do processo, clique aqui.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.