Disneyland Paris Resort,  Disneyland Resort,  Hong Kong Disneyland Resort,  Resorts,  Shanghai Disneyland Resort,  Tokyo Disney Resort,  Walt Disney World Resort

Saiba o que é o quê na Disney

Não é novidade pra ninguém que a Disney é um universo particular, um mundo mágico e único onde personagens de desenhos animados ganham, literalmente, vida e saem das telas de cinemas e páginas de livros para interagir com você. É também nesse mundo de fantasia onde qualquer sonho se torna possível, onde qualquer pessoa escapa da dura realidade em que vive e volta a ser criança. Sim, na Disney – seja em qual complexo da empresa você esteja – qualquer um volta a ser criança.

Caminhando nos parques, por exemplo, você vai ver homens e mulheres das mais variadas idades usando ‘orelhinhas’ do Mickey, blusas com as mais variadas personagens desenhadas e outros adereços. Entretanto, não se engane! Voltar a ser criança, na Disney, vai muito além do vestuário. Qualquer um se comporta de maneira diferente. E os motivos que explicam isso são muitos, mas eu vou resumir em um só: a Disney possui uma atmosfera, um clima diferenciado, que, simplesmente, nos faz agir como crianças. E crianças muito felizes, por sinal.

Para criar esse clima todo especial, a companhia se utiliza de uma série de métodos e ideias – muitas do próprio Walt Disney. Nesse post, entretanto, eu vou tratar de apenas uma delas: o vocabulário da Disney.

Vocabulário da Disney

Exatamente. A empresa possui uma série de palavras específicas que são usadas nos seus resorts. São nomes que soam bem próprios da Disney. E eles, claro, ajudam não só na criação da magia como também nessa atmosfera especial que existe nos parques temáticos da empresa. Quer um exemplo? Um funcionário da companhia jamais é chamado assim ou de ‘colaborador’. Eles são sempre chamados de cast-members que, em português, significa membros do elenco. Esse foi um conceito criado pelo próprio Disney para diferenciar sua equipe. Pra ele, todos aqueles que trabalhavam na companhia eram especiais e fundamentais no processo de criação da magia. A filosofia dele perdura até hoje e, quando visitar a Disneyland – seja a da Califórnia, a de Paris, a de Hong Kong, a de Shanghai ou a de Tóquio -, você sempre vai ouvir essa mesma palavra: cast-members.

Portanto, para facilitar nossa conversa a partir de hoje, eu decidi criar uma espécie de pequeno dicionário da Disney. Aqui, você vai encontrar as principais – e mais usadas – palavras da empresa. Assim, sempre que eu falar em Magic Band, Fast Pass+, Disney Cruise Line ou Annual Pass, você já vai saber do que se trata sem que eu precise explicar de novo.

Espero, então, que todos aproveitem! Ah! Eu relacionei aqui apenas algumas palavras, aquelas que eu julgo mais populares. Não quis ser pretensioso em criar um extenso dicionário da Disney, afinal de contas, o mercado já os possui, e eles são excelentes.

De A a Z

ANNUAL PASS: passe anual da Disney, ou seja, um ingresso que permite aos guests visitar os parques de forma ilimitada, o ano inteiro.

BACKSTAGE: o mesmo que bastidores. Os guests não podem transitar nessas áreas.

BIBBIDI-BOBBIDI-BOUTIQUE: nome do salão de belezas da Disney. É aqui onde fadas madrinhas transformam pequenas abóboras em princesas de verdade. Em Walt Disney World, por exemplo, existe um dentro do Castelo da Cinderela, em Magic Kingdom, e outro em Disney Springs.

CAST MEMBER: membros do elenco, ou seja, todos aqueles que trabalham na Disney.

DISNEY SPRINGS: centro de compras e gastronômico da Disney. Um lugar agradável, ideal para passear, fazer compras, ir ao cinema ou comer em um restaurante badalado. Antigamente, era chamado de Downtown Disney, mas mudou de nome em 2015.

DISNEY VACATION CLUB: digamos que esse seja um clube de férias da Disney. Na verdade, um sistema de time-share, onde você compra uma determinada quantidade de pontos por ano e, com eles, pode se hospedar nos hotéis da empresa, ao redor do mundo. Aqueles que fazem parte do programa são chamados de ‘Disney Vacation Club members’.

DISNEY CRUISE LINE: divisão de cruzeiros da Disney. A companhia conta, hoje, com quatro navios. São eles: Disney Magic, Disney Wonder, Disney Dream e Disney Fantasy. Outros dois navios foram anunciados, no início de 2016, e devem estar prontos em 2022.

EXTRA MAGIC HOURS: são as conhecidas horas mágicas extras. Através delas, os guests podem aproveitar o parque algumas horas antes de ele ser aberto para o grande público ou depois que ele fecha. Como assim? A cada dia, um parque possui essas horas extras. Durante esse tempo, apenas aqueles que estão hospedados em algum hotel da Disney podem entrar no parque. É uma forma exclusiva de aproveitar o lugar com um número de pessoas bem reduzido.

EPCOT: nome do segundo parque inaugurado pela Disney, em Orlando. Epcot é a junção das primeiras letras de Experimental Prototype Community of Tomorrow. Em português, Protótipo Experimental da Comunidade do Amanhã. Esse parque é dedicado à cultura e ao futuro e foi uma criação do próprio Walt Disney que, em seus planos, pretendia criar não um parque temático, mas uma cidade perfeita, ideal, a qual seria chamada de Comunidade do Amanhã.

FAST PASS+: nome dado ao sistema que permite aos guests marcar uma hora para visitar um determinado brinquedo/atração. Através do aplicativo “My Disney Experience”, você seleciona as atrações de que quer participar e o horário mais conveniente para isso. 

GUEST: aqueles que visitam qualquer um dos parques da Disney. É assim que eles são chamados. O nome foi dado pelo próprio Walt Disney que sempre buscou tratar os visitantes de uma forma especial.

HUB: na verdade, The Hub. Esse é o nome dado à área que fica exatamente em frente ao castelo, em cada parque. Ela inclui a praça central e adjacências.

ILLUMINATIONS: um dos shows mais tradicionais de Walt Disney World Resort. Illuminations, Reflections of Earth acontece, todas as noites, no Epcot, parque que só existe em Orlando, na Flórida. É, para quem não sabe, um show de fogos que mistura projeções e fontes dançantes.

JOURNEY INTO IMAGINATION: uma das mais clássicas atrações de Walt Disney World Resort. Inaugurado em 1983, no Epcot, esse brinquedo tem como estrela principal Figment, um simpático dragãozinho roxo que, ainda hoje, representa a imaginação americana.

KILIMANJARO SAFARIS: atração do Disney’s Animal Kingdom, na qual você faz um safári e tem a chance de ver inúmeros animais bem de perto. Esse é o maior brinquedo de todo o complexo da Disney, em Orlando, nos Estados Unidos.

LA NOUBA: espetáculo do Cirque du Soleil que fica fixo no complexo da Disney, em Orlando. Estreou em 1998.

MY DISNEY EXPERIENCE: aplicativo desenvolvido pela Disney que te possibilita gerenciar todos os aspectos da sua visita ao complexo da Flórida. Através dele, você pode checar horários de funcionamento dos parques, marcar refeições nos restaurantes dos hotéis e parques, fazer a seleção do Fast Pass+, verificar suas fotos tiradas através do Photopass e muito mais.

MAGIC BAND: pulseiras desenvolvidas pela Disney que guardam diversas informações dos guests. Elas funcionam como chave do quarto, para aqueles que estão hospedados em algum hotel da Disney; como ingresso para entrar no parque; como forma de pagamento em alguma compra, caso você tenha disponibilizado as informações do seu cartão de crédito; e ainda como uma forma de identificação sua dentro dos complexos da Disney mundo afora.

NEMO: uma das personagens mais populares já criadas pelos estúdios Pixar. Devido à sua popularidade, existem várias atrações em sua homenagem ao redor do mundo. Em Orlando, você pode encontrá-lo tanto em Epcot quando no Disney’s Animal Kingdom. Já em Shanghai Disneyland, por exemplo, o peixe-palhaço tem destaque na parada principal.

ON STAGE: o contrário de backstage, ou seja, todas as áreas por onde os guests podem transitar.

PHOTOPASS: sistema de fotos da Disney. Todas as fotos tiradas dentro dos parques por um cast-memberque trabalhe como fotógrafo ficam nesse sistema. Você tem acesso a ele através de um cartão que recebe após tirar a foto ou através da sua Magic Band.

QUICK SERVICE: serviço rápido de alimentação. Nome dado a qualquer restaurante onde você pede sua comida e vai sentar após recebê-la.

RUN DISNEY: divisão da Disney responsável por todos os eventos de corridas de rua, como maratonas, por exemplo.

SMALL WORLD: uma das atrações mais clássicas da Disney. Também conhecido como ‘Pequeno Mundo’, esse brinquedo celebra a cultura de vários países. É aqui onde você vai encontrar centenas de bonecos caracterizados de acordo com os países que representam. É também uma das poucas atrações presentes em todos os complexos da Disney ao redor do mundo.

THEME PARK: parque temático. Em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos, a Disney possui quatro. Na Califórnia, também nos Estados Unidos, são dois. Nos arredores de Paris, na França, também existem dois. No Japão, mais dois. E na China, essa mesma quantidade.

TTC: Ticket and Transportation Center. É nesse espaço onde você pode escolher de que forma quer chegar ao Magic Kingdom, em Orlando. Nessa área, você decide entre ir de Monorail ou Ferryboat. O TTC fica localizado entre as bilheterias do parque e a Seven Seas Lagoon.

UB IWERKS: desenhista/cartunista americano que trabalhou junto a Walt Disney por longos anos. Ele colaborou na criação de várias personagens, incluindo aí o Coelho Oswald, primeiro sucesso de Disney. Seu nome também envolve uma polêmica. Há quem diga que Mickey Mouse foi desenhado por ele e não por Walt Disney.

VINYLMATION: bonecos de vinil de 10 e 30 centímetros, com formato de Mickey e que são vendidos em embalagens lacradas de forma a não revelar exatamente qual exemplar está dentro. Cada série de Vinylmation costuma ter 12 tipos diferentes. O comprador nunca sabe ao certo qual está levando pra casa, o que é a grande graça deles. Lançados em 2009, eles, rapidamente, viraram febre nos Estados Unidos. Ainda hoje, são vendidos nos parques, mas em menor quantidade.

WDWR: Walt Disney World Resort, complexo da Disney de Orlando, na Flórida. Esse é o maior do mundo e também o resort mais visitado de todo o planeta.

WISHES: show de fogos que acontece, todas as noites, no Magic Kingdom, em Orlando.

ZIP-A-DEE-DOO-DAH: palavra usada para designar um momento de alegria, de felicidade. Ela é, na verdade, o nome de uma das músicas do filme “A Canção do Sul”, de 1946. A atração Splash Mountain é baseada no longa metragem e, nela, você vai ouvir essa palavrinha várias vezes.