Variadas

Setores poderão ser transferidos para a Flórida

A The Walt Disney Company está estudando a possibilidade de transferir várias de suas divisões para a Flórida. A informação é do Orlando Business Journal, que afirma que, depois de décadas na Califórnia, alguns setores poderão ser instalados na Costa Leste dos Estados Unidos. “Como a maior empregadora da Flórida Central, nós estamos sempre explorando novas oportunidades para pontos adicionais para nossas operações, que sejam próximas aos nossos parques, mas, por enquanto, ainda não há nada concreto”, afirmou um porta-voz da companhia à publicação.

O lugar estudado para alocar as divisões seria Lake Nona, uma comunidade planejada em Orlando, a alguns quilômetros de Walt Disney World Resort. Estados como a Flórida são mais atrativos em termos de impostos do que a Califórnia. Além disso, a Disney tem enfrentado uma série de dificuldades com o governador Gavin Newsom, que tem se mostrado irredutível em suas decisões, forçando que Disneyland Resort permaneça fechado indefinidamente. “A Disney tem inúmeros motivos para transferir parte de suas divisões para a Flórida. Nós últimos meses, nós vimos várias empresas deixar o estado e buscar outros que dão um suporte maior a elas. Além disso, basta olhar para o que houve com os parques na Califórnia e na Flórida. Isso é um grande impacto na organização”, afirmou Jeff Sweeney, diretor da “Cushman & Wakefield”, que também deixou a Costa Oeste.

Se a transferência se concretizar, apenas setores ligados aos parques temáticos serão impactados. Aqueles que lidam com filmes e produções para televisão deverão permanecer na Califórnia. A “Tavistock Development Co.”, empresa responsável pelo desenvolvimento do empreendimento em Lake Nona, não comentou a história.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.

Facebook

Parceiros