Cinema

“Shang-Chi” cresce em arrecadação, e ator ironiza sites

“Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” estreou nos cinemas há menos de uma semana e já arrecadou quase a mesma quantia que “Jungle Cruise”. Enquanto a produção estrelada por Dwayne Johnson e Emily Blunt faturou, até essa terça-feira (7), US$ 193.696 milhões, após seis semanas em cartaz, o novo filme da Marvel Studios conseguiu US$ 150.872 milhões, sendo US$ 94.672 milhões domésticos, e o restante internacional, segundo o Box Office Mojo. Os valores alcançados superam as expectativas, que estimavam que o longa não passaria dos US$ 90 mi nos primeiros dias.

Nas redes sociais, Simu Liu, que interpreta o protagonista e tem se esforçado bastante em promover o filme, ironizou sites e críticos que afirmaram que o longa seria um fracasso. Em seu feed, no Twitter, ele postou uma imagem da época em que era modelo fotográfico, na qual aparece apontando para uma tela de computador e rindo. “Eu rindo das pessoas que acharam que a gente iria fracassar”, escreveu ele na legenda. Mais tarde, em seus stories, mostrou uma série de sites com manchetes que falavam mal da produção e escreveu “LOL”, que significa “rindo bastante”.

Antes mesmo de ter certeza se o filme faria ou não sucesso, a Marvel Studios já havia decidido que Shang-Chi retornaria em uma futura produção, mas não disse se seria em outro solo ou em alguma das que já estão previstas em seu calendário. A alta arrecadação dos últimos dias, que deverá continuar, poderá estimular o estúdio a criar uma sequência inédita para o primeiro super-herói asiático do MCU.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.