Cinema

“Shang-Chi” fatura US$ 14.2 milhões no primeiro dia

“Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” estreou, mundialmente, nessa quinta-feira (2), e arrecadou, apenas nos Estados Unidos, US$ 8.8 milhões, na estreia. O valor é inferior ao de “Viúva Negra” na quinta-feira de lançamento. O solo de Natasha Romanoff alcançou a marca de US$ 13.2 milhões. Apesar disso, as projeções continuam bastante otimistas, e o filme de Destin Daniel Cretton deve encerrar o fim de semana prolongado com cerca de 90/100 milhões, em todo o mundo. No total, a produção faturou, até a tarde desta sexta (3), US$ 14.2 milhões, segundo o Box Office Mojo.

Em comparação à estreia de “Velozes e Furiosos 9”, que ocorreu em junho, “Shang-Chi” arrecadou US$ 1.7 milhão a mais que o concorrente no dia do lançamento. De acordo com o Deadline, enquanto o longa da Universal conseguiu US$ 7.1 milhões, o da Marvel Studios fechou em US$ 8.8 mi. Atualmente, 4.300 salas de cinema americanas estão exibindo a produção, que, por sinal está agradando e muito o público. No Rotten Tomatoes, está com 99% de aprovação da audiência e 92%, por parte da crítica.

Alguns especialistas afirmam que, com o passar dos dias, mais pessoas deverão se interessar em assistir ao filme devido aos comentários nas redes sociais. Por se tratar de um herói novato, muita gente vai aguardar um pouco mais para ir ao cinema. O objetivo da Marvel Studios, por enquanto, é quebrar o recorde de “Viúva Negra”, que encerrou o primeiro fim de semana, com US$ 80.3 milhões, e o de “Halloween – O Início”, que, em 2007, foi lançado durante o feriado prolongado do Dia do Trabalho e faturou US$ 30 milhões, sendo ainda o recordista.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.