Variadas

União Europeia recomenda novas restrições a turistas dos EUA

A União Europeia removeu, nessa segunda-feira (30), os Estados Unidos da lista de países seguros para viagens não-essenciais e, agora, está recomendando que as 27 nações que formam o bloco imponham restrições de viagens mais robustas a turistas provenientes de quaisquer um dos estados americanos. A medida reverte a decisão tomada em junho que reabriu as fronteiras para pessoas e voos originários nos EUA.

A decisão foi tomada com base nos números crescentes de infectados por COVID-19, nos Estados Unidos. De acordo com a NBC News, apenas na última semana, o país registrou 152.000 casos positivos por dia e ainda uma média diária de 1.200 mortes. Apesar da recomendação dada pela União Europeia, cada membro do bloco tem autonomia para estabelecer as próprias regras. Alguns poderão optar por regimes de quarentena, múltiplos testes ou mesmo banir, temporariamente, as viagens não-essenciais. “Essa medida não exclui a possibilidade de cada um dos países membros optar por aceitar turistas americanos que estejam completamente vacinados. De toda forma, todos os países retirados da lista estão, temporariamente, com medidas restritivas impostas”, anunciou a UE.

A União Europeia também removeu da sua lista outros países como Israel, Kosovo, Montenegro e Macedônia. Já para lugares como Austrália, Canadá, Japão, Jordânia, Nova Zelândia, Coreia do Sul e China, a UE orientou que as restrições sejam suspensas de forma gradual. Revisões serão feitas a cada duas semanas. Por enquanto, os Estados Unidos também não estão aceitando viagens não-essenciais com origem nos locais que formam o bloco europeu. Negociações, porém, têm se desenrolado nos bastidores para que a situação seja resolvida.

O Reino Unido deixou a União Europeia este ano e, por isso, não é impactado pelas novas recomendações. Turistas americanos continuam sendo aceitos, sem necessidade de quarentena, mas precisam fazer testes três dias antes do embarque e dois dias depois de pisar em solo inglês.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.