Disney Cruise Line

Viagens vão exigir que passageiros estejam vacinados

A poucos dias do início das vendas dos pacotes para as viagens a bordo do Disney Magic a partir do Reino Unido, nesse verão, a Disney Cruise Line divulgou mais detalhes a respeito dos protocolos de segurança contra a COVID-19 que serão implementados.

Para poderem embarcar no navio, todos os passageiros acima de 18 anos precisarão estar “completamente vacinados”, o que significa para o National Health Services, que eles têm que ter tomado a segunda dose do imunizante há, pelo menos, sete dias antes do início da viagem. A DCL irá exigir comprovante de vacinação de todos os seus hóspedes. Aqueles que têm menos de 18 anos não precisarão apresentar cartão de vacinação, mas um teste negativo, o qual deve ter sido feito com, no máximo, cinco dias de antecedência ao cruzeiro.

A Disney ainda afirmou que todos os passageiros, mesmo os vacinados, terão que passar por um teste rápido no terminal de cruzeiros, momentos antes do embarque. Quem testar positivo fará um segundo teste, que, se permanecer positivo, irá invalidar a viagem dessa pessoa. Os custos dos exames serão pagos pela própria companhia.

Dentro do navio, todos deverão usar máscaras, incluindo os tripulantes. A proteção facial só poderá ser removida enquanto os passageiros estiveram nadando, comendo ou dentro de suas próprias cabines. Para fotografias ao ar livre, elas também podem ser, temporariamente, retiradas.

As viagens do “Disney Magic at Sea” vão iniciar a partir de 15 de julho, zarpando de Liverpool. Apenas residentes do Reino Unido, ou seja, aqueles que moram na Inglaterra, Escócia, Wales e Irlanda do Norte poderão embarcar no navio.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.