Cinema Disney+

“Viúva Negra” pode quebrar recordes de bilheteria

Depois de quase dois anos de hiato, uma produção da Marvel Studios está de volta aos cinemas de todo o mundo. Com pouco mais de um ano de atraso, “Viúva Negra” foi lançado, nesta sexta-feira (9), e poderá quebrar recordes de bilheteria nessa era pós-pandemia. O feito pertence, atualmente, a “F9: The Fast Saga”, que estreou, há duas semanas, e arrecadou US$ 70 milhões nos primeiros dias. De acordo com o Box Office Mojo, o solo de Natasha Romanoff é visto, por muitos, “como o empurrão que as pessoas precisam para retornar aos cinemas”.

“Viúva Negra” começa sua exibição em 4.100 sala americanas e também no mercado internacional. Se o filme chegar aos US$ 70 milhões de “Velozes e Furiosos 9” irá quebrar o atual recorde, mas terá a menor estreia de uma produção da Marvel Studios desde 2015 quando “Homem-Formiga” foi lançado e só conseguiu US$ 57.2 milhões, no primeiro fim de semana.

“Dos últimos 10 lançamentos da Marvel Studios, apenas dois estrearam com menos de US$ 100 milhões arrecadados (Homem-Aranha: Longe de Casa está excluído da relação porque estreou em uma terça-feira, antes do feriado de 4 de julho, e ultrapassou os US$ 100 mi até a sexta-feira). Em 2016, Doutor Estranho estreou com US$ 85 milhões e, em 2018, Homem-Formiga e a Vespa, com US$ 75.8 milhões. É difícil dizer com quanto Viúva Negra estrearia em tempos normais. Não se sabe se seria perto, por exemplo, de Capitã Marvel (US$ 153.4 milhões) ou Thor: Ragnarok (US$ 122.7 milhões). Dada a atual situação, quebrar recordes da pandemia parece algo bom, mesmo que não coloque o solo no topo da lista do MCU“, afirmou Sam Mendelsohn, do BOM.

Um outro número a ser batido por “Viúva Negra” é o da arrecadação doméstica de “Um Lugar Silencioso, Parte 2”. O filme alcançou, até o momento, nos Estados Unidos, cerca de US$ 150 milhões, sendo considerado o com o melhor desempenho do pós-pandemia. Segundo o Box Office Mojo, o lançamento da produção no Disney+, porém, poderá atrapalhar o sucesso dele nos cinemas, entretanto apenas o tempo confirmará se essa teoria está correta ou não.

Na plataforma, o filme está à venda por US$ 29.99. Estará disponível, gratuitamente, para todos os assinantes no dia 6 de outubro.

Sobre o autor

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto

Patriolino Ribeiro Neto é formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza. É também graduado em Jornalismo, área em que atua há mais de dez anos. Em 2008, a estreia na televisão ocorreu quando passou a comandar um telejornal esportivo. Viajar sempre foi uma paixão, tornando-se parte do seu trabalho em 2009. A curiosidade pela Disney o inspira desde pequeno. Muito cedo, começou a frequentar os complexos de parques temáticos da empresa ao redor do mundo e, até hoje, os tem como destinos preferidos. Dentre os seis resorts, Walt Disney World e Disneyland são seus prediletos.